Haja coração para o Brasil




Eu não creio em superstições, mas que elas existem, existem! Por isso, durante os jogos do Brasil na Copa, não usarei a blusa fatídica do 7 x 1 e nem insistirei nos brinquinhos com a bandeira verde-amarela que desde 2006 não trazem sorte! Enfim, estou livre deles, mas ainda assim, com pouquíssimas esperanças!

Eu sei que o Brasil jogou até agora uma única vez, mas aquele cabelo do Neymar é um mau presságio. Aquele arranjo capilar é feio demais para dar sorte! Fico imaginando que, graças à altura do topete dele, alguns jogadores tenham dificuldades até para tentarem um chute a gol. Por isso, Tite querido, sugira um cabeleireiro mais tradicional para Neymar o quanto antes!

Mas, topete à parte, está complicado sentir o espírito da Copa esse ano! Desemprego em alta, economia patinando e notícias sucessivas de escândalos políticos, somados a humilhação do 7 x 1 que ainda parece ter sido ontem, não colaboram. Como tudo no nosso país tupiniquim, haja fé e raça! Mais por parte do cidadão-torcedor do que dos jogadores! Haja coração para o Brasil!

E, se ainda assim, der aquela vontade de vestir a camisa verde-amarela, decorar a rua da sua casa ou juntar a turma para ver as partidas, se jogue! Cada um com seu direito de alegria! Um pouco de entretenimento, honestamente, não faz mal a ninguém! O dia a dia já é duro demais para torcer o nariz pelo Brasil na Copa! 

0 Comentários

Gostou do texto? Deixe sua opinião: