E por falar em aniversário

Vamos abolir os calendários e os relógios! O tempo, a partir de agora, será marcado pelo nosso coração e pela capacidade que temos de guardar, acumular e reviver cada bom momento da vida: o nascimento de um filho, as brincadeiras de criança, o afago da mãe e o caderninho da escola. Não conte, cronologicamente, a idade que disseram que eu tenho. Afinal, quem são eles?! 
Eu sei bem melhor quantos anos tenho, e não são estes que estão dizendo por aí. Meu coração ainda tem um pulsar infantil, ainda acho graça de palhaço, em alguns dias me dá uma preguiça de sair da cama e, às vezes, faço manha para ganhar um carinho! E apesar de saber já pagar as minhas contas sozinha, descobri que preciso viver tannnnnnta coisa nessa vida, que pasmem! Sinto que acabei de nascer!
Ainda quero um vestido florido, choro escondido por coisinhas bobas, e para o próximo ano, fiz uma listinha de cem desejos, que vão desde aprender a nadar a um jardim de Monet, bem no meu quintal!
Se o corpo caminha num sentido, o coração vai em outro... Ora, façam as pazes! Eu ainda desejo ser feliz
1 Comentários
avatar

ola cristiane preciso de ajuda pode me ajudar ?

Balas

Deixe seu comentário aqui:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...