Dicas para cabelos cacheados

Crônica sobre cabelos cacheados
Ao contrário de algumas pessoas, eu não nasci careca. Talvez, serei um dia, quem sabe! Mas, nasci com cabelos suficientes para minha avó crer que eles seriam o terror dos pentes-finos.

Na ocasião, ela deve ter dado umas receitinhas para minha mãe sobre como amansar a juba do leãozinho que acabava de nascer!
Mas, eu cresci, o cabelo também! E sim, eles se tornaram uma juba de respeito!
Modéstia à parte: eu amo meus cabelos! Sabe aquela coisa de "eles combinam com minha personalidade!", a história é essa! Indiscretos, desajeitados e felizes, em resumo:eu!

Tudo começou com minha mãe que sempre (sempre!) disse que eu tinha cabelos bonitos. E não fez diferença quando minha tia disse que não entendia como eu conseguia ficar com aquela cabeleira solta mesmo no calor, e muito menos quando a outra tia penteou meus cabelos secos e disse que eu parecia um ouriço do mar! Também não fui intimidada pelos apelidos de Elba Ramalho ou Maria Betânia! Nãooo!!

Autoestima é tudo nessa vida! Mamãe tinha feito um ótimo trabalho!

Chapinhas à parte, os cachinhos permitem chuva e vento e são a verdadeira prova de amor quando você acorda ao lado do homem amado. Lá está você, com cabelos que lembram uma aranha armadeira, e seu amado compreende. Ele entende mesmo! E de tão apaixonado declara: "Adoro seu cabelo quando você acorda!" Não existe mentira mais boa de se ouvir nessa vida! Você ali, matutina e descabelada, ouvindo elogios generosos. O verdadeiro significado de amor!

Já disseram que as donas dos caracóis fazem o estilo romântico, mas eu não acredito nisso! Donas de cachos têm cara de liberdade, de risada gostosa num dia de sol.

Donas de cabelos cacheados (e assumidos) são mais felizes, segundo uma pesquisa de opinião ainda não comprovada! Por isso, quer uma dica para cabelo cacheado? Amor-próprio, meu bem! 
3 Comentários
Este comentário foi removido por um administrador do blog. - Hapus
avatar

Adorei seu texto e digo-lhe que os mesmo acontecimentos pelos quais você já passou eu também já passei. Tenho cabelos caracolados e já fui chamada de Elba Ramalho, Maria betânia ao penteá-los secos e ultimamente me chamam muito de Thaís Araújo. E tenho que confessar que amo meus cabelos. E além de representar uma grande personalidade os cachinhos também representam um imensa originalidade.
Abraços querida!

Balas
avatar

KKKKK....to rindo muito com a comparação de "aranha armadeira" realmente é isso q. acontece...nossos cachinhos são mravilhosos...mas ao acordar realmente parecem a tal aranha...muito bom...Parabens teus texto é lindo e verdadeiro...comigo sempre foi assim...e sou dona da gargalhada mais charmosa e feliz da terra...junto com meus cachos....bjsssss

Balas

Deixe seu comentário aqui:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...