Em tempos de dungas raivosos

Em tempos de #calaabocaTadeuSchimidt no Twitter e dungas raivosos, prefiro falar como foi ver o segundo jogo da seleção brasileira na Copa 2010.
Ao contrário do primeiro, tive boas companhias: uma amiga de infância, uma amiga-família, dessas que dividem o teto e as contas e um novo parente que desde ontem, quando o vi pela primeira vez na vida, já o chamo carinhosamente de cunhado. Pois bem, lá fomos nós - amiga, família e cunhado - para um simpático bar do Prado, acompanhar o jogão: Brasil x Costa do Marfim.
Valha-me Deus! Aquele jogo foi muito bom e me fez muita raiva também!
Senti orgulho da nossa seleção! Queria beijar na boca do Luís Fabiano com aqueles dentões que lembram os do Máskara, quando ele fez o segundo gol dele. Tudo bem, ele é comprometido, eu também e não vou destruir nenhuma família já que os dois gols não foram para mim, e sim para filhinha que fazia seis anos. Foi momento-emoção-copa-dois, o primeiro foi quando o Jong Tae-Se chorou na hora do hino...
Já o Elano, comprovou a minha teoria da conspiração. Descobri que seu nome significa oculto, e talvez por isso, pela segunda vez ao fazer gol nesta copa, deixou o gramado em seguida. A primeira o bunda, ô quer dizer, o Dunga tirou. A segunda, os elefantões da Costa o tiraram!! Fico curiosa para saber como será o próximo gol dele e, FURIOSA, quando lembro dos elefantões..
Meus Deus! Quanta coisa feia! Conseguiram estressar até o Kaká, uma espécie de Sandy do futebol! Não acreditei, quando ele deu aquela cotovelada no Keita! Em tempo:o Keita precisa ir ao médico, afinal ao ser atingido no peito sente fortes dores no rosto...Consulte o Dráuzio Keita, com saúde não se brinca!
Fora o Keita peito-rosto, os outros costa-marfinenses também não foram legais! Foi muito pé na canela, quando na verdade pé é na bola ...
Tudo bem, os elefantões fizeram um gol... Mas, isso dessa vez não tirou minha alegria! No final, foi vitória de 3 a 1 e pronto!
E para fechar, cá entre nós, que o juiz deu uma puxadinha de saco no Luís Fabiano ele deu! Aquele sorrisinho dirigido ao jogador, não teve cara de conselhos de juiz. Aposto que ele disse: "Nossa! Na saída será que você me dá um autógrafo!" E o L. Fabiano todo simpáticão mostrando os dentões: "Claro, claro Lannoy! Eu dou essa colherzinha de chá pra você!"

0 Comentários

Deixe seu comentário aqui:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...